MARS reforça compromissos pela descarbonização no Parlamento Europeu

sexta-feira, 13 abril 2018 16:15

Juan Martin, President of Multisales da Mars, participou no evento “O Papel do Negócio na Descarbonização: um potencial inexplorado”, promovido pelo eurodeputado Jo Leinen, em que se debateu o potencial do contributo das empresas para a descarbonização na Europa e como as entidades públicas e privadas podem criar um ambiente favorável de regulamentação e inovação.

Neste encontro Juan Martin partilhou algumas das ideias sobre o percurso da Mars em prol da descarbonização, as oportunidades que esta proporcionou e os obstáculos identificados pela multinacional na resposta aos compromissos climáticos e energéticos integrados no seu plano “Sustainable in a Generation”.

O responsável destacou ainda alguns dos factos que compravam o compromisso da Mars com a sustentabilidade. A empresa utiliza eletricidade renovável para cobrir 100% da operação na Bélgica, Lituânia, Reino Unido, Áustria, República Checa, França, Espanha e Polónia. O que significa que 76% da eletricidade total utilizada nos escritórios e nas fábricas na Europa provém da eletricidade renovável.  

Neste evento participaram ainda Paula Abreu Marques, chefe da unidade de Energia Renovável da Comissão Europeia, Constant Alarcon, representante da iniciativa RE100, e Kirsten Barnhoorn, fundadora da empresa de energia renovável Eneco.

Com as negociações interinstitucionais sobre a Diretiva das Energias Renováveis prestes a começar, todos os oradores concordaram que é importante que as empresas tenham metas ambiciosas quanto à energia renovável. Isto para que possam transmitir um sinal forte aos mercados e fomentar um ambiente de segurança política para incentivar as empresas estarem envolvidas neste caminho pela descarbonização.

Os oradores e participantes concordaram ainda que as empresas participam, cada vez mais, na luta contra as mudanças climáticas e estão efetivamente a mudar as tendências. Jo Leinen concluiu, aliás, que “o desenvolvimento acentuado dos últimos anos deve-se às empresas privadas. Há uma grande esperança de que haja mais investimento e compromisso como o da Mars”.

MARS reforça compromissos pela descarbonização no Parlamento Europeu